segunda-feira, 29 de março de 2010

EM MEIO ÀS DIFICULDADES, PARA ONDE TU OLHAS?


“Logo a seguir, compeliu Jesus os discípulos a embarcar e passar adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia as multidões. E, despedidas as multidões, subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Em caindo a tarde, lá estava ele, só. Entretanto, o barco já estava longe, a muitos estádios da terra, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário. Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar. E os discípulos, ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram. Mas Jesus imediatamente lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais! Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas. E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? Subindo ambos para o barco, cessou o vento. E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus!”(Mt 14:22-33).

A narrativa que descreve o episódio em que Jesus anda por sobre o mar é bastante conhecida pela igreja. Todavia ela é mais que apenas uma simples narrativa, seu texto descreve de maneira figurada a vida do crente que tem sua confiança depositada no seu Senhor e Salvador Jesus Cristo.

A vida do crente é como o mar. É ampla, abundante e bonita. Por ele traçamos nossos dias tentando agradar a Deus. Mas quem um dia opta por fazer a vontade de Deus aborrece àquele que é inimigo de Deus, o diabo. Este em meio a sua fúria tenta tornar a vida daqueles que servem a Deus instável. Então com suas astúcias faz soprar sobre a vida dos servos de Deus ventos ferozes e ondas que tenta nos cobrir.

O segredo da vitória está no suportar firmes esses momentos de ventos ferozes e ondas violentas que, às vezes, assolam nossas vidas, de modo que as dificuldades e problemas não sejam motivo de desespero e falta de esperança.

O texto nos mostra uma cena como esta da vida. Primeiro descreve os discípulos que estavam fazendo a vontade do mestre. Logo após a primeira multiplicação dos pães na cidade de Betsaida, Jesus fica na cidade para despedir as multidões e vai a um monte para orar. Enquanto isso os discípulos estão em um barco no meio do mar da Galiléia. Os discípulos estavam passando por dificuldades. Ondas que se formavam e o vento forte que soprava os quais ameaçavam virar o barco.

É muito interessante esta narrativa pela sucessão dos fatos que apresenta. Notem que no momento de dificuldade e de desespero dos discípulos Jesus vem ao encontro deles. O texto não descreve que os discípulos clamaram por Jesus. Parece que eles estavam tão atordoados com o que estava acontecendo e a situação foi tão inesperada que nem deu tempo de pedir socorro. Quanta vez não acontece de igual modo conosco? Ao sermos surpreendidos por infortúnios e dificuldades ficamos tão atordoados que nem conseguimos saber o que fazer.

Porém quando passamos por dificuldades, quando o mar bravio nos açoita com suas ondas e o vento da vida sopra tão forte a ponto de nos derrubar, Jesus vem ao nosso encontro mesmo antes de pedirmos. Isso me faz lembrar uma história que me contaram sobre um campo de concentração nazista onde os soldados alemães tentavam matar na forca um garoto judeu obrigando vários outros judeus assistir. Dizem que a resistência de uma criança é muito diferente de um adulto num castigo como este. Tentaram várias vezes enforcar o garoto. E a cada vez que chutavam o caixote que o apoiava e a criança não morria os soldados se divertiam com a situação e faziam com que o garoto subisse mais uma vez e repetiam a cena. No meio dos judeus que assistiam impotentes o que acontecia um deles questionava onde estava Deus naquela hora? Ao que responde um rabino que também se encontrava no meio deles: “Deus está ali sofrendo com aquele garoto na corda”.

Onde está Deus quando sofremos? A minha fé e a minha esperança me faz acreditar que ele está bem do nosso lado, dizendo “não temas, eu estou aqui”. Jesus está bem próximo quando passamos pelas dificuldades e os sofrimentos que nos assolam.


Infelizmente alguns crentes agem como os discípulos quando Jesus nos chama para andarmos por cima das ondas desafiando os mais fortes ventos. Alguns crentes olham para a força do vento, para a altura das ondas e se deixam afundar mesmo estando diante de Jesus. Com Pedro foi assim e tem sido com muitos crentes também. Esse fato me faz perguntar:

EM MEIO ÀS DIFICULDADES, PARA ONDE TU OLHAS?

Mas ainda não era o fim. Mesmo com pouca fé dos discípulos, Jesus ainda permanecia ali do lado e o vento cessou e o mar se acalmou.


Às vezes Deus quer nos fazer andar sobre os problemas e as dificuldades da vida, mas freqüentemente deixamos de confiar e ter fé em Deus e preferimos olhar para a força vento, a fúria do mar que tentam nos afundar.


Quando Pedro gritou: Salva-me, Senhor! Jesus estava ali para socorrê-lo. Mas acredito que o desejo maior de Jesus é que Pedro tivesse fé e confiança suficiente para andar por cima das dificuldades. Acredito também que nos dias de hoje Jesus está próximo de sua igreja que sofre. E sinto que entre nos socorrer e nos ver superar os problemas e dificuldades da vida, creio que ele prefere que andemos por sobre as águas desafiando os ventos mais fortes, alimentando a certeza que depois das ondas em fúria e dos ventos fortes que por vezes nos assolam aparecem dias ensolarados e com brisas mansas, porque Deus é fiel.

O segredo da vitória é suportar com fé e confiança, porque Jesus está bem próximo dizendo: NÃO TEMAS, EU ESTOU AQUI!

2 comentários:

IVANIR SEVEN disse...

Gostei do texto há vezes no dia a dia pessoal, ficamos preocupados com os bens materiais e nem pensamos que Deus está no nosso lado para nos ajudar, mas Ele nos diz: NÃO TEMAS EU ESTOU CONTIGO! Que Deus nos abençõe e parabens por este blog ele está muito legal ja até selecionei na lista de blogs.

Anônimo disse...

Obrigada è um verdadeiro presente de DEus esta palavra.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Galera com Atitude

Reflita

“Se eu encontro em mim um desejo que nenhuma experiência desse mundo pode satisfazer, eu só posso concluir que eu não fui feito para este lugar".

C.S.Lewis

Postagens populares